Pesquisar...
Digite o que procura...

A inspiração para escrever sobre como acertar na escolha do sofá de casa surgiu recentemente, quando me mudei e meu amado sofá não se encaixava de jeito nenhum na sala do apartamento novo. Tentamos todas as disposições possíveis, transformamos a sala de estar em sala de jantar e vice-versa, mas não foi possível. O fato é que a sala do apartamento novo é menor e não comporta o tamanho do sofá, que fica todo desajeitado e desproporcional, bloqueando a circulação. Hora de desapegar e trocar o sofá!

Foi quando comecei as pesquisas para encontrar um sofá adequado para nossa nova sala e percebi a complexidade do assunto. Pensei que fosse bem mais fácil escolher um sofá, mas logo percebi que antes de comprar é preciso considerar diversos pontos importantíssimos para não se arrepender depois.

Como acertar na escolha do sofá de casa? Antes de tudo devemos pensar: Qual é o seu estilo de vida? O sofá é o protagonista da sala e tem que ter a sua cara, não deixando de ser prático, é claro.

Qual é o tamanho da sala? Antes de escolher o sofá é sempre bom tirar as medidas da sala e fazer uma planta-baixa para garantir boas proporções e o melhor posicionamento. Considere na planta as portas, janelas e um espaço de circulação de no mínimo 70 cm. Assim é possível definir o tamanho ideal do sofá para sua sala. Ah! E se o sofá for retrátil considere também o tamanho dele aberto.

Qual o tamanho da família? Quantos lugares precisa no sofá? Se a sala foi pequena utilize um sofá de dois lugares e complemente com poltronas ou puffs para caber todo mundo com conforto.

O material do sofá deve ser escolhido visando a praticidade, principalmente para quem tem crianças e pets. Nesses casos o mais indicado é o couro e o couro ecológico ou courino, mais indicado também para pessoas alérgicas. A limpeza é a mais fácil e pode ser feita só com um pano úmido com espuma de sabão de coco. Após a limpeza pode passar um hidratante especial para couros que o mantém mais bonito por mais tempo.

Shop the Look

Agora, no quesito conforto, vencem os tecidos de fibra natural como o algodão, a seda, o linho e o chenille. Porém exigem muito mais cuidado no uso pois puxam fio com facilidade. A higienização também é mais complicada, exige produtos especiais e em alguns casos recomenda-se até lavagem a seco e impermeabilização para facilitar a manutenção.

Shop the Look

Pense a logo prazo, é mais fácil enjoar de cores fortes, então considere as cores já existentes no ambiente: do piso, dos móveis fixos e das paredes da sala. Esse ponto vale se não tiver a intenção de trocar os outros móveis, reformar ou pintar as paredes e principalmente para imóveis alugados. Um truque que costumo usar é compor uma paleta de no máximo cinco cores por ambiente, mais cores pode correr o risco de ficar desarmônico.

Shop the Look

Se o sofá for quase da mesma cor do piso, invista num tapete para criar contraste. Prefira um sofá liso, deixe as estampas e cores para as mantas e almofadas, assim pode mudar com mais facilidade sempre que quiser ou conforme a estação do ano. Para ambientes mais clássicos use a manta bem dobradinha, já para os mais despojados é bem livre, “deixe ela como cair”. Inclusive, se precisar de dicas e inspirações de mantas para sofá temos um post aqui que pode ajudar.

Os tons de bege e marrom sempre estiveram em evidência, agora as tendências apontam para tonalidades de cinza e azul. Sofás de cores mais escuras, camurças e veludos, são super confortáveis, indicados para regiões com clima mais frio.

Para regiões com o clima mais quente, melhor optar por tecidos mais leves e cores claras. Sofás brancos são muito lindos mas exigem cuidado redobrado, se optar pela cor branca e quiser evitar manutenção constante, melhor optar pelo couro.

Para sofás de salas de estar, para ficar sentado com conforto, atente-se para a profundidade, o ideal é ficar entre 58 cm (no mínimo) e 1 metro (no máximo) de assento, sem contar o espaço do encosto e das almofadas. Para acomodar bem, a altura do encosto deve ser de 45 cm no mínimo.

Recomenda-se que a espuma do sofá da sala de estar seja mais dura e do home/sala de televisão mais mole. Identificamos isso pela densidade da espuma, quanto maior a densidade, menor a maciez e quanto menor a densidade, maior a maciez. A densidade mínima indicada é de 28 g/cm³ (D-28), que comporta 90 kg por assento. A D-33 suporta até 100 kg e a D-45, até 150 kg. Para o encosto a D-23 já é suficiente, antes de comprar, solicite ao vendedor essas informações.

No caso de ambientes menores onde o sofá tem que atender dupla função, sala de estar e home, os modelos retráteis ou com encostos inclináveis podem ser uma boa opção. Os sofás também podem ser utilizados para dividir ambientes, se sentir necessidade use um aparador com objetos decorativos atrás dele.

Agora que você já sabe como acertar na escolha do sofá de casa, olha esses modelos que encontramos:

Sofás

Não encontrou o que procura? Dá uma olhadinha no shop que tem mais modelos bem lindos.

subscribe decostore

Receba o conteúdo decostore, é gratis!

Inspirações para você e sua casa!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notifique me
Mais Populares