Pesquisar...
Digite o que procura...

O estilo modernista é um dos mais, se não o mais influente no design brasileiro. Este movimento foi uma das maiores revoluções culturais da história passando por vários dos campos das artes: na literatura, no teatro, na música, na arquitetura e também é claro, no design.

Escola cultural que surgiu no século passado por influências das novas tecnologias que se desenvolveram a partir da Revolução Industrial, o modernismo teve um dos seus ápices mundiais aqui no Brasil, e é por isso que vemos influências dele até hoje. Foi também aí que grandes mestres do design nacional foram lançados como Lina Bo Bardi, Vilanova Artigas e Oscar Niemeyer e outros internacionais, como o casal Charles e Ray Eames e Le Corbusier.

Foi nessa época que começamos a incorporar de maneira mais ativa o aço e concreto nas construções, o que abriu portas para novas técnicas e redefiniu os limites de espaço até então impostos. A própria escala dos ambientes e construções também foi colocada em pauta questionando até onde o ser humano conseguiria construir sempre remetendo ao ideal de progresso.

O estilo modernista é caracterizado por seus ângulos retos, uma maior exploração do uso do design e da arte relacionados com a própria arquitetura, a sua materialidade constantemente exposta e valorizada e o intenso uso do concreto armado – técnica que mescla barras de ferro ao concreto fortalecendo ambos os materiais.

As grandes aberturas também trazem uma maior aproximação entre o ambiente interno e externo trazendo uma maior iluminação e ventilação natural o que gera um ambiente mais agradável.

No design modernista também notamos a introdução do aço tubular nos móveis, como podemos ver na poltrona Lounge Eames, mesclando com materiais mais tradicionais como o couro e a madeira contrastam lindamente nos ambientes inserindo tonalidades mais escuras transmitindo um ar de aconchego. Para balancear as cores escuras destes materiais e os tons claros vindos do concreto e do aço, é sempre interessante buscar brincar com as cores primárias em elementos mais pontuais a fim de gerar um maior dinamismo no espaço.

Foi com o estilo modernista que começamos a notar um maior uso de plantas e obras de arte, especialmente painéis coloridos nos ambientes internos, que além de conferir ao espaço uma coloração maior também dão mais vida trazendo cultura e natureza ao lar. Também vemos que a decoração começa a adotar um maior uso de vidro e acrílico seja nas louças, em vasos ou até mesmo luminárias sempre brincando com formas geométricas inesperadas.

Uma das características mais interessantes do modernismo é que esse movimento sempre buscou explorar mais a fundo a funcionalidade do espaço e do layout gerado pela disposição dos móveis trazendo uma maior qualidade de vida no dia a dia de todos. Por isso, os ambientes com estilo modernista nunca abusam de decoração excessiva e para não sobrecarregar o espaço, são sempre pontuais e normalmente dialogam com o estilo da casa.

Outra característica marcante do estilo modernista sempre foi a busca por novas tecnologias, isso acabou sendo aplicado nas casas também. Foi aí que começaram a surgir uma maior variedade de eletrodomésticos e eletroeletrônicos sempre buscando inovação. Por isso, se você busca uma casa nesse estilo, é legal investir nesses itens, deixando sua casa com uma cara mais tecnológica.

Não é a toa que até hoje muitas pessoas buscam o estilo modernista para se inspirar nas decorações, não é mesmo?

subscribe decostore

Receba o conteúdo decostore, é gratis!

Inspirações para você e sua casa!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notifique me
Mais Populares