Pesquisar...
Digite o que procura...

Tipos de Iluminação

Como usar a iluminação a meu favor? De acordo com sua aplicação, a iluminação tem o poder de transformar ambientes, realçar qualidades e criar sensações. Existem diferentes tipos de iluminação, a princípio temos a iluminação natural e iluminação artificial.

 

Iluminação Natural

A iluminação natural é a luz solar, que pode ser melhor aproveitada quando fazemos o uso de aberturas amplas como portas, janelas e aberturas zenitais. Uma grande vantagem da iluminação natural é a redução do consumo de energia durante o dia, além de proporcionar bem estar e colaborar para a saúde das pessoas que utilizam o ambiente. No ponto de vista arquitetônico, a iluminação natural realça o ambiente e proporciona sensação de amplitude.

Ao projetar as aberturas de um projeto é importante se atentar com a orientação solar para balancear o conforto térmico da edificação. Em regiões mais quentes é indicado voltar as aberturas para fachada sul, que recebe iluminação o dia todo sem que o sol entre para dentro de casa, e para leste que recebe o sol da manhã, o mais saudável do dia. Já nas regiões mais frias é interessante voltar as aberturas para as fachadas leste e norte, onde pode haver incidência de luz solar dentro dos ambientes. O uso de películas pode barrar os raios UV e infravermelhos, nocivos à saúde.

Iluminação Artificial

A iluminação artificial é a elétrica e pode ser direta ou indireta. Antes de escolher qual tipo de iluminação usar é importante identificar qual o uso (ou os usos) de cada ambiente, otimizando-os.

Iluminação Direta

A iluminação direta é indicada para ambientes onde é preciso ter atenção e concentração nas atividades que estão sendo executadas como bancadas de cozinha, mesas de escritórios e salas de jantar. Com esse tipo de iluminação é possível ver os mínimos detalhes, pois a iluminação está voltada diretamente para o objeto ou “campo de trabalho”. Por isso é tão comum ver luminárias diretamente voltadas para quadros e obras de arte com a intenção de realçá-los. O uso de pendentes, luminárias e spots são eficazes para esse tipo de iluminação, que pode ser branca ou amarela.

Iluminação Indireta

A iluminação indireta é suave e difusa, indicada principalmente para ambientes de descanso e relaxamento como quartos, salas de estar e varandas. Feita com luminárias como arandelas, abajures e sancas utilizam superfícies de reflexão para espalhar a luz indiretamente pelo ambiente – quanto mais clara a superfície de reflexão mais a luz se espalha. A iluminação indireta também pode ser utilizada como complemento em ambientes que já possuem iluminação direta, proporcionando conforto visual e variadas possibilidades de iluminação. Um bom projeto é aquele que concilia em um mesmo ambiente a iluminação direta e indireta.

Normalmente a iluminação indireta utiliza lâmpadas amarelas, para descansar o olhar, mas dependendo do projeto e da intensidade de luz, as brancas também podem provocar o mesmo efeito.

Lâmpadas de LED contribuem para a redução do consumo de energia elétrica, e podem ser encontradas tanto brancas como amarelas em diferentes versões. Gosto do efeito das lâmpadas de LED que se parecem com as de filamento de carbono, ficam muito bem em pendentes como iluminação indireta.

 

subscribe decostore

Receba o conteúdo decostore, é gratis!

Inspirações para você e sua casa!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notifique me
Mais Populares