Poltrona LC1

by Le Corbusier
Limpar

Poltrona LC1

Projetada pelo renomado arquiteto, designer e escritor Le Corbusier, a Poltrona LC1 ícone do movimento modernista dos anos 1970, vem através dos tempos consolidando seu prestígio e sucesso, confirmando um dos próprios mantras do arquiteto onde ele afirma: “A arquitetura e o design devem falar de seu tempo e lugar, porém anseia por atemporalidade”.

A pureza das linhas retas e sem exageros somada a irreverente pele com pelo, faz dessa peça algo que transcende a mera utilidade de móvel para repouso e passa a operar como elemento escultural e decorativo, alterando a atmosfera do ambiente.

A inteligência mecânica aplicada, ao sentar, resulta na adaptabilidade da peça ao corpo através de molas auto ajustáveis. O mecanismo promove postura adequada e confortável independente do biotipo do usuário.

Bela e prática a Poltrona LC1 conquista atenção no primeiro olhar, fascina e convida os atentos ao seu uso, emoldura salas nos quatro cantos do globo e feito magia passa pelo tempo cada vez mais atual.

Acabamentos

tecido
Pele com Pêlo
Pele com Pêlo
Vaqueta 05
Vaqueta 05
Vaqueta 328
Vaqueta 328
Vaqueta 405
Vaqueta 405
Vaqueta 512
Vaqueta 512

Detalhes

Acabamentos:

  • Aço Inox;
  • Couro Natural;
  • Pele com Pêlo.

Ficha Técnica:

  • Assento, encosto e braços em Pele com Pelo Natural ou Couro Natural;
  • Assento e encosto com sistema auto ajustável em molas inox espirais tencionáveis;
  • Estrutura tridimensional em tubos de seção circular dobrados e curvados com acabamento em polimento brilhante;
  • Apoio em 4 (quatro) pés com sapatas protetoras.

Dimensões:

  • 60cm x 59cm x 67cm.

Cuidados e garantia

Cuidados:

Evitar exposição a luz e raios solares através de janelas, portas ou vidraças

Evitar arrastar o móvel, de preferência suspender do chão para movimentar

Nunca usar escovas e/ou produtos abrasivos

Para limpeza usar pano levemente umedecido

Aço Inox / Cromado

  • Passe um pano seco, limpo e macio diariamente.
  • Utilize um pano umedecido em álcool doméstico para retirar manchas de dedos e obter brilho.
  • Em casos mais graves aplique cera automotiva, utilizando para isso um pano limpo e macio; passe sobre toda a superfície com movimentos delicados.
  • Lembre-se:
  • Nunca utilize produtos abrasivos, pasta polidora, solventes, esponjas de aço e similares para limpeza ou manutenção. Além de comprometer o brilho, estes produtos podem arranhar a superfície do metal, além da possibilidade de contato com outras partes que não sejam de inox, ocasionando danos irreparáveis à peça.

Tecido

  • Limpe semanalmente a poeira depositada sobre o tecido com um aspirador de pó e realize uma escovação suave uma ou duas vezes durante a semana.
  • Retire imediatamente as sujeiras acidentais utilizando uma esponja ou pano branco, limpo e macio.
  • Em casos de manchas de difícil remoção ou que já tenham penetrado no tecido, limpe umedecendo a parte manchada com uma solução de detergente neutro diluído em água, e esfregue levemente até a completa remoção.
  • Lembre-se:
  • Quando houver a necessidade de uma limpeza mais pesada recomenda-se, para os tecidos, uma lavagem a seco efetuada por uma empresa especializada.
  • Nunca deixe o produto exposto ao sol, direta ou indiretamente, pois podem ocorrer alterações nas tonalidades, além da danificação das fibras do tecido.

Couro Natural

  • Para limpeza utilize um pano úmido, macio e com sabão neutro diluído em água.
  • Evite exposição prolongada à luz do sol.
  • Não utilize polidor, óleo, solvente, detergente verniz ou água com amônia.
  • Remova imediatamente os líquidos derrubados sobre a superfície do couro antes que ele os absorva. A remoção imediata evitará que as regiões atingidas transformem-se em manchas permanentes.
  • Para hidratação, utilize vaselina duas vezes ao ano em couros do tipo vaqueta.
  • Lembre-se:
  • O couro tem a propriedade de ser um material resistente e durável, mas por se tratar de um material natural, mesmo passando por processo de curtição, tratamento e/ou impermeabilização, pode apresentar pequenas variações de tons e imperfeições na pele.

Garantia:

1 ano de garantia de fábrica

Produzido no Brasil.

Informações adicionais

Devido ao nosso processo de produção artesanal, as medidas podem variar em até 2% para mais ou para menos

Antes de comprar, por favor verifique as medidas e se o produto passa por elevadores e portas em sua residência. Não nos responsabilizamos pelo custo de içamento.

Os acabamentos e tecidos podem ter uma pequena variação de tonalidade, devido iluminação de estúdio utilizada para realizar as fotos do catálogo e a diferença de cor em cada dispositivo que a imagem é visualizada.

Le Corbusier

Designer

O primeiro projeto registrado de Le Corbusier foi a casa de um fabricante de relógios, na sua cidade natal.

Após escolher a arquitetura como profissão, Corbusier deu início a uma série de viagens para cidades da Europa. Realizadas em 1907, foram uma forma de adquirir conhecimento, uma “saída a campo” para o jovem arquiteto.

Passada uma temporada na Alemanha, ele viajou também pela Europa central e Ocidental. No ano de 1912, o arquiteto também já era professor, participando de eventos na Escola de Chaux-de-Fonds. Cidades francesas destruídas pela Primeira Guerra Mundial tiveram Le Corbusier trabalhando na sua reconstrução.

Junto com seu primo, Pierre Jeanneret, aos 35 anos de idade montou um escritório de arquitetura em Paris. Esta foi a oportunidade de explorar ideias e desenvolver conceitos, como o da “máquina de morar”, que era o modo como ele definia as residências.

Todo o trabalho desenvolvido no escritório resultou em diversos projetos na Europa, na África e na América do Sul, incluindo o Brasil.

Apesar de ter iniciado sua carreira há quase 100 anos, Le Corbusier influencia arquitetos e designers de todo o mundo até hoje. Não apenas no campo prático, mas também na teoria da arquitetura e no desenvolvimento de novas técnicas.

Corbu, como era carinhosamente chamado, sempre acreditou que a arquitetura poderia – e deveria – melhorar as questões sociais e, até mesmo, resolver problemas tangentes à sociedade, que envolvem planejamento urbano e paisagístico.

Suas técnicas construtivas, utilizando cimento armado em pilares e retirando das paredes essa função estrutural, fez com que seus projetos criassem um interior adaptado para necessidades de ocupação do espaço.

Todos os conceitos desenvolvidos pelo arquiteto têm como resultado obras que condizem com o cenário no qual estão inseridas, antecipando problemas, como por exemplo, o crescimento das cidades e do número de carros. Se contar, é claro, com a integração da obra ao meio, à natureza.

Ver todos produtos do designer
Le Corbusier arquiteto